Translate this Page

Rating: 3.0/5 (946 votos)



ONLINE
2




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter

mmmmmmmmmmm


// ]]>


cronologia historiaca de Israel
cronologia historiaca de Israel

                                       

 

       PRINCIPAIS MOMENTOS HISTÓRICOS

 

séc. XVII-VI
a.E.C. 

 

 

(a.E.C. - antes da Era Comum) 

c. sec. XVII   Os patriarcas: Abraão, Isaac e Jacob - os patriarcas do povo judeu e crentes no Deus Único - estabelecem-se na Terra de Israel.

 

A fome força os israelitas a emigrar para o Egito. 

c. séc. XIII -Êxodo dos israelitas que deixam o Egito conduzidos por Moisés e vagam no deserto durante 40 anos. A Torá, que inclui os Dez Mandamentos, é recebida no Monte Sinai. 

séc. XIII-XII -Os israelitas se instalam na Terra de Israel.  

c. 1020 -A monarquia judaica é estabelecida; Saul é o primeiro rei. 

c. 1000 -Jerusalém torna-se a capital do reino de David. 

c. 960 -O Primeiro Templo, centro nacional e espiritual do povo judeu, é construído em Jerusalém pelo Rei Salomão.  

c. 930-Divisão do reino: Judá e Israel. 

722-720 -O reino de Israel é destruído pelos assírios; 10 tribos exiladas (As "Dez Tribos Perdidas"). 

586 -O reino de Judá é conquistado pela Babilônia. 

             

536-542-Jerusalém e o Primeiro Templo destruídos; a maioria dos judeus é exilada.  

 

 

PERÍODOS PERSA E HELENÍSTICO 

538-515 -Muitos judeus retornam da Babilônia; o Templo é reconstruído. 

332 -Alexandre Magno conquista o país; domínio helenístico. 

166-160-Revolta dos Macabeus (Hasmoneus) contra as restrições á prática do judaísmo e a profanação do Templo. 

 142-129-Autonomia judaica sob a liderança dos Hasmoneus. 

 129-63-Independência judaica sob a monarquia dos Hasmoneus. 

63 -Jerusalém capturada pelo general romano Pompeu.  

 63 a.E.C. 

 

 

DOMINIO ROMANO 

(E.C. - Era Comum) 

 37 a.E.C. - 4 E.C. -O rei Herodes, vassalo romano, governa a Terra de Israel. 

O Templo de Jerusalém é reformado. 

c 02-33-Ministério de Jesus de Nazaré. 

 66 -Revolta dos judeus contra Roma. 

70 -Destruição de Jerusalém e do Segundo Templo.  

73 -Último bastiãojudeu em Massada. 

132-135-Revolta de Bar Kochba contra os romanos.  

c. 210 -Concluída a codificação da Lei Oral judaica (Mishná).  

 313-636

 

DOMÍNIO BIZANTINO  

c. 390 

Concluído o comentário da Mishná (Talmud de Jerusalém). 

614 -Invasão persa. 

636-1099

 

DOMÍNIO ÁRABE

 

691 -O Domo da Rocha é construído em Jerusalém pelo Califa Abd el-Malik, no local dos Templos (Primeiro e Segundo).  

1099-1291

 

DOMÍNIO CRUZADO
(Reino Latino de Jerusalém). 

 1291-1516

 

DOMÍNIO MAMELUCO 

1517-1917

 

DOMÍNIO OTOMANO 

1564-Publicação da codificação da lei judaica (Shulchan Aruch). 

1860 -Primeiro bairro construído fora dos muros de Jerusalém. 

1882-1903 -Primeira Aliá (imigração em grande escala), principalmente da Rússia. 

1897-Primeiro Congresso Sionista, reunido por Teodoro Herzl em Basiléia, Suíça; fundação da Organização Sionista. 

1904-14 -Segunda Aliá, principalmente da Rússia e Polônia. 

1909 -Fundação de Degânia, o primeiro kibutz, e de Tel Aviv, a primeira cidade moderna completamente judia.

1917-400 anos de domínio otomano chegam ao fim com a conquista britânica;

Lord Balfour, Ministro de Relações Exteriores britânico declara o apoio ao estabelecimento de "um lar nacional judaico na Palestina".

 1918-48

 

DOMÍNIO BRITÂNICO 

1919-23 -Terceira Aliá, principalmente da Rússia.

1920- undação da Histadrut (Federação Geral do Trabalho) e da Haganá (organização de defesa judaica). 

O ishuv (comunidade judaica) cria o Vaad Leumi (Conselho Nacional) para dirigir seus assuntos internos. 

1921 -Fundação do primeiro moshav, Nahalal. 

1922-A Liga das Nações confia á Grã-Bretanha o Mandato sobre a Palestina (Terra de Israel); três quartos da área são entregues á Transjordânia, deixando apenas um quarto para o lar nacional judaico. 

Criação da Agência Judaica, representante da comunidade judaica diante das autoridades do Mandato. 

 1924-Fundação do Technion, o primeiro instituto de tecnologia. 

1924-32-Quarta Aliá, principalmente da Polônia.  

1925-Inauguração da Universidade Hebraica de Jerusalém no Monte Scopus. 

1929-Massacre dos judeus de Hebron por militantes árabes. 

1931-Fundação do Etzel, organização clandestina judaica. 

1933-39-Quinta Aliá, principalmente da Alemanha. 

1936-39-Distúrbios anti-judaicos instigados por militantes árabes. 

1939-O Livro Branco britânico limita drasticamente a imigração judaica. 

1939-45-2a. Guerra Mundial; Holocausto na Europa. 

1941-Formação do movimento clandestino Lechi; criação do Palmach, força de combate da Haganá. 

1944-Formação da Brigada Judaica, como parte das forças britânicas. 

1947-A ONU propõe o estabelecimento dos estados árabe e judeu no país.

 

1948-O ESTADO DE ISRAEL 

1948-Fim do Mandato Britânico (14 de maio)

Proclamação do Estado de Israel (14 de maio).
Israel é invadido por cinco exércitos árabes (15 de maio)
Guerra da Independência (maio de 1948-julho de 1949)
Criação das Forças de Defesa de Israel (FDI) 

1949-Assinatura de acordos de armistício com o Egito, Jordânia, Síria e Líbano. 

Jerusalém é dividida, sob domínio de Israel e da Jordânia. 

Eleição do primeiro Knesset (parlamento)

 Israel é aceito como o 59o. membro da ONU.  

1948-52-Imigração em massa da Europa e dos países árabes. 

1956-Campanha do Sinai 

1962-Adolfo Eichmann é julgado e executado em Israel por sua participação no Holocausto. 

1964-Completado o Conduto Nacional, para trazer água do Lago Kineret, no norte, ao sul semi-árido. 

1967-Guerra dos Seis Dias, reunificação de Jerusalém. 

1968-70-Guerra de Desgate do Egito contra Israel 

1973-Guerra do Iom Kipur 

1975-Israel torna-se membro associado do Mercado Comum Europeu. 

1977-O Likud forma o governo após as eleições para o Knesset; fim de 30 anos de governo trabalhista. Visita do Presidente egípcio Anuar Sadate a Jerusalém. 

1978-Os Acordos de Camp David presentam as linhas gerais para uma paz abrangente no Oriente Médio e uma proposta de auto-governo para os palestinos. 

1979-Assinatura do Tratado de Paz Israel-Egito.O Primeiro-Ministro Menachem Begin e o Presidente Anuar Sadate são agraciados com o Prêmio Nobel da Paz. 

1981-A Força Aérea Israelense destrói o reator atômico do Iraque pouco antes de sua entrada em operação. 

1982-Completam-se as três etapas de retirada de Israel da península do Sinai. 

A Operação Paz para a Galiléia expulsa os terroristas da OLP (Organização para a Libertação da Palestina) do Líbano. 

1984-Formado um governo de unidade nacional (Likud e Trabalhista) após as eleições.Operação Moisés: imigração dos judeus da Etiópia. 

1985-Assinado o Acordo de Livre Comércio com os Estados Unidos. 

1987-Distúrbios violentos e generalizados (intifada) irrompem nas áreas administradas por Israel. 

1988-Governo do Likud após as eleições. 

1989-Israel propõe uma. iniciativa de paz de quatro pontos.

Início da imigração em massa dos judeus da antiga União Soviética. 

1991-Israel é atacado por mísseis Scud do Iraque durante a Guerra do Golfo.Reúne-se em Madrid a conferência de paz para o Oriente Médio.A Operação Salomão traz a Israel por via aérea os demais judeus da Etiópia. 

1992-Estabelecimento de relações diplomáticas com a China e a Índia. 

1993-Israel e a OLP, representante do povo palestino, assinam a Declaração de Princípios sobre os procedimentos do auto-governo interino para os palestinos. 

1994-Implementação do auto-governo palestino na Faixa de Gaza e na região de Jericó.Plenas relações diplomáticas com a Santa Sé.Marrocos e Tunísia estabelecem escritórios de representação de interesses.Assinatura do Tratado de Paz Israel-Jordânia.Rabin, Peres e Arafat são agraciados com o Prêmio Nobel da Paz.

1995-Ampliação do auto-governo palestino implementado na Margem Ocidental e na Faixa de Gaza; eleição do Conselho Palestino.Primeiro-Ministro Yitzhak Rabin é assassinado num comício em prol da paz.Shimon Peres torna-se o Primeiro-Ministro.

1996-Escalada do terrorismo árabe fundamentalista contra Israel.Vinhas da Ira, em retaliação aos ataques terroristas da Hizbullah ao norte de Israel.Abertura de escritórios de representação comercial em Omã e Qatar.O Likud sobe ao poder após as eleições para o Knesset.