Translate this Page

Rating: 2.9/5 (953 votos)



ONLINE
6




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter

mmmmmmmmmmm


// ]]>


escola dominical importancia do ensino
escola dominical importancia do ensino

                                      A Importância do Ensino Cristão    

           

  O ENSINO CRISTÃO: “constante aprendizado”, comente que a nossa mente é como um gravador ligado constantemente, os dados vão sendo inseridos em nossa mente e sendo armazenados, para que sejam gravados dados de boa qualidade e para que esses dados sejam reutilizados depois, existe o processo do ensino.- “inserção do indivíduo na sociedade”, quem não estuda fica de certa forma, excluído da sociedade, se sente separado dos demais.- “incessante ato de aprender”, aprender deve ser uma atividade contínua na vida de alguém. Existe atualmente o “analfabeto funcional”, que é aquela pessoa que aprendeu a ler e parou de estudar ou estudou pouco, por isso sabe ler, mas não consegue entender o que lê.

 É uma ordem superior:- É interessante ler a referência abaixo, e comentar que o ensino naquele período era de responsabilidade da família, era uma ordenança para o patriarca da família.“E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração;E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te. Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos. E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas.” Dt 6:6-9- “campo do discipulado”, a referência de Mt 28.20, é a mais completa em relação a questão do ensino. Por isso as igrejas que deixam de lado essa prática está desobedecendo a uma ordem do próprio Deus.

 

 É transmissão de conhecimento: “vida cristã sem instrução”, no mundo, quem não tem conhecimento é facilmente enganado pelos aproveitadores, na igreja também, pois existem muitos lobos devoradores dentro das igrejas.- “teórico e prático”, é a responsabilidade de quem ensina. Atentar para a teoria e prática, lembrando que a teoria é adquirida na sala de aula, nos livros. E a prática é adquirida nos exercícios e nas situações reais.- “ouvir e praticar”, essa é a responsabilidade de quem aprende, ouvir para aprender a teoria e praticar para adquirir a prática.

 

O desenvolvimento de um estilo social cristocêntrico: “tal magistério”, magistério é a função de professor, aqui está se referindo a função de ensinar a Palavra de Deus.- “os prejuízos são inevitáveis”, apesar de os prejuízos serem inevitáveis, eles são a médio e longo prazo, por isso muitos não estão se importando com o ensino, por não ver o resultado ruim de imediato.

- “aprendei de mim”, esse é o estilo de vida cristocêntrico, aprendendo com Jesus, nós sempre teremos uma vida cristocêntrica, ou seja, Jesus estando no centro da nossa vida.

 

O ENSINO  SEUS PROPÓSITOS:1. Em seus aspectos relacionais

            - “aspectos relacionais”, são os aspectos do ensino que tratam do relacionamento entre indivíduos, são ensinamentos para a vida social.

            - “assumindo determinado prejuízo emocional”, isso é amar, esse é o principal aspecto relacional ensinado pela Bíblia, se esses aspectos da Palavra fossem largamente ensinado nas igrejas, nós teríamos menos problemas de relacionamento. Esses aspectos relacionais são ensinados por Jesus no livro de Mateus no sermão do monte. Mt 5,6 e 7, (2.) Em relação ao método pedagógico “método bíblico pedagógico”, pedagogia é a ciência que estuda a educação, então o “método bíblico pedagógico” é o método que a Bíblia apresenta para que aja o discipulado no povo de Deus. “aspecto pessoal”, é o ensino direto que ocorre dentro do lar, mas pode ocorrer também na igreja, pelo aconselhamento cristão. “aspecto demonstrativo”, é onde se apresenta o exemplo pessoal daquele que ensina ou que tem a função de liderança, muitos irmãos que tem dificuldade para aprender, são melhor incentivados ao verem o bom exemplo de seus líderes. Do contrário um mal exemplo pode colocar a perder uma excelente aula, pensem nisso. “aspecto da saturação”, os filhos percebem o que é importante para os seus pais, e farão o que se requer simplesmente por que é importante para seus pais, dessa forma é necessário que aja constância, os pais nunca devem fraquejar no ensino e na cobrança do conhecimento da Palavra de Deus.

3. Em relação ao tempo e memória: “geração vigente”, vigente é o que está em vigor, a “geração vigente” é a que está aparecendo e assumindo funções na sociedade, trabalhando e produzindo.“preterir”, deixar de lado, não dar preferência. “razão da fé aos infiéis”, a orientação para essa resposta está na seguinte referência: “Antes, santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós,” 1 Pedro 3:15 Comente que a ordem na parte “a” do verso acima é “estar sempre preparado”

- “mnemônica”, é um recurso auxiliar para memorização, seria uma pequena palavra ou sinal para lembrar um texto grande.

 

RESULTADOS DO ENSINO: “é chamado de Mestre”, esse título nos mostra qual era o verdadeiro ofício de Jesus e nos motiva a ser o mesmo, Ele não é somente mestre, Ele é “o Mestre”.1. Desfazendo equívocos

- “tempo oportuno”, no tempo certo, ou seja no tempo de Deus e se houver obediência do povo. “peca contra a unidade do Antigo Testamento”, a unidade do A.T. é característica que o A.T. tem em concordar com ele mesmo e com toda a Bíblia, o erro contra essa unidade aqui, seria dizer que as promessas são à Israel são terrenas, enquanto em muitas passagens mostram promessas para Reino Cristo. “indiferente e alienado quanto...atuação social”, essas são características de quem não interage nos acontecimentos sociais, ficando a parte das atividades sociais. Aqui o comentarista está afirmando que se o crente só tomar as promessas para o futuro da Igreja no céu, ele ficará alienado, deixando de estudar, de dar atenção à política e de investir em seu futuro profissional.

 “resultados a curto prazo”, podemos classificar os resultados que obteremos aqui, exemplo se você ensinar seus filhos no caminho em que devem andar, então eles serão servos de Deus, não se envolvendo na criminalidade, nem em vícios, esses são excelentes resultados a curto prazo. “a longo prazo”, investindo no ensino cristão da nossa família, teremos melhores chances de todos alcançarem a salvação, esse é um excelente resultado a longo prazo.   

 

 Longevidade: Veja alguns textos que confirmam as afirmações feitas aqui:

“Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR teu Deus te dá.” Êxodo 20:12. Honrar o pai e a mãe é respeitá-los, pois eles sempre tem bons conselhos para a vida, muitos bandidos ao serem baleados, se lamentam por não terem ouvido e nem respeitados seus pais.“Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;” Mateus 5:5.- Uma das interpretações para “herdar a terra” seria ter uma vida longa e tranquila, pois os nervosos morrem cedo em brigas idiotas, acidentes de transito, mau entendidos, etc.“Então Jesus disse-lhe: Embainha a tua espada; porque todos os quelançarem mão da espada, à espada morrerão.” Mateus 26:52. A profecia sublinhada pode ser vista hoje assim: como a espada é uma arma, então entende-se que “quem vive pela arma, por uma arma morrerá.” Jesus estava certo, isso tem acontecido todo dia, os que andam com arma na cintura morrem de tiro e morrem cedo.

 Prosperidade:“prosperidade”, não se deve associar prosperidade com aquisição de bens materiais e riquezas. Os textos bíblicos não estão falando isso.

- “interesse pela educação”, não é possível concordar com o comentarista nessa parte, pois o bom momento do Brasil está diretamente ligado ao aquecimento da economia e estabilidade da moeda, a educação no nosso país é sucateada, e de baixa qualidade. No meio do povo de Deus que deveria fazer a diferença, há uma grande evasão escolar, os cultos de Escola Dominical geralmente tem pouca frequência, enquanto as campanhas da prosperidade estão cheias. “nunca se aprendeu tanto a Bíblia”, não concordo, eu diria que nunca se desrespeitou tanto a Bíblia sagrada como nesses últimos dias.- Alguns pontos: Prosperidade é uma palavra com sentido amplo e que significa “ser bem sucedido no que faz.”“Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.” Josué 1:8. Prosperar o caminho é conseguir seus objetivos.

- O que alcançará a prosperidade mencionada acima é aquele que coloca em práticaa Palavra de Deus e não o que a conhece. Todos podem alcançar uma boa condição financeira, mas isso se faz com trabalho, dedicação ao estudo secular, aproveitamento de oportunidades. O crente pode se esforçar nestas coisas sem esquecer aquelas (a Palavra de DEUS) Conhecer a Bíblia não garante prosperidade financeira pra ninguém.

 

                             

 

          A relevância da Escola Dominical no contexto da Educação Cristã

 

 

 

A Escola Dominical está inserida em um amplo contexto educacional denominado Educação cristã. A educação cristã, como instrumento de formação e aperfeiçoamento do caráter cristão, não ocorre apenas no ambiente da Escola Dominical, mas em todos os setores e seguimentos da igreja local. Nesta rica oportunidade, apresentaremos razões que justifiquem a relevância da ED como principal ferramenta de Educação Cristã na igreja.

 

 

. É relevante em razão de sua essencialidade. 

 

 

A – A Escola Dominical não é uma atividade educativa opcional, é essencial. 

Em razão de a igreja estar intrinsecamente associada à educação cristã, a Escola Dominical como departamento principal de ensino, não é opcional, é vital, pois, incrementa e dinamiza todas as atividades e iniciativas educacionais e evangelísticas dos demais setores.

A Escola Dominical não pode ser considerada apenas um apêndice, anexo ou assessório na estrutura geral da igreja ou mero departamento secundário. 

Ela se confunde com a própria essência da Igreja. Não é apenas parte da igreja; é a própria igreja ministrando ensino bíblico metódico, sistemático.

Desde os primórdios a Igreja Cristã perseverava na doutrina e instrução dos apóstolos. No primeiro século não havia templos. As famílias se reuniam em suas casas para orar, comungar e estudar a Palavra de Deus. Os crentes mais experientes ensinavam os neófitos basicamente de forma expositiva e em tom familiar (homilétike); explicando e interpretando os pontos mais difíceis das Escrituras de acordo com a orientação dos apóstolos e diretamente do Espírito Santo. 

E hoje? A Igreja está realmente interessada em estudar a Bíblia

 

 

B – Onde fica a ED no programa geral de nossas igrejas? Qual a sua importância?

Há algumas décadas, na maioria das igrejas tradicionais, era comum o número de matriculados na Escola Dominical ultrapassar ao de membros da igreja. O que podemos dizer das nossas Escolas Dominicais atualmente?

Enquanto as igrejas tradicionais estão repensando a ED, grande parte das igrejas pentecostais somente começaram a pensar na relevância do ensino bíblico sistemático de algumas décadas para cá. (A CPAD através do Setor de Educação Cristã e especificamente do CAPED vem realizando um excelente trabalho de conscientização nesta área)

 

C – A relevância da Escola Dominical está explicita no seu principal conceito.

 

 

A Escola Dominical conjuga os dois lados da Grande Comissão dada à Igreja (Mt 28.20; Mc 16.15). Ela evangeliza enquanto ensina.

O cumprimento da Grande Comissão através da ED, pode ser visto em quatro etapas:Alcançar – a ED é o instrumento que cada igreja possui para alcançar todas as faixas etárias. (A audiência do culto à noite, além de ser heterogênea, não tem oportunidade de refletir, questionar e interiorizar o conteúdo recebido).

Conquistar – através do testemunho e da exposição da Palavra. Disse Jesus: "...serão todos ensinados por Deus...todo aquele que do pai ouviu e aprendeu vem a mim" (Jo 6.45). A conversão é perene quando acontece através do ensino. 

Ensinar – até que ponto estamos realmente ensinando aqueles que temos conquistado? Há quem diga que o ensino metódico e sistemático é contrário à espiritualidade? Isto é verdade?

"O ensino das doutrinas e verdades eternas da Bíblia, na Escola Dominical deve ser pedagógico e metódico como numa escola, sem contudo deixar de ser profundamente espiritual." Isto significa que devemos ensinar a Palavra de Deus com seriedade e esmero, apropriando-nos dos mais eficazes recursos educacionais que estejam à nossa disposição: “...se é ensinar haja dedicação ao ensino” (Rm 12.7b).

Treinar – devemos treiná-los para que instruam a outros.

Estas 4 etapas estão conjugadas aos 3 principais objetivos da Escola Dominical que são: ganhar almas para Jesus; desenvolver a espiritualidade dos alunos e treinar o cristão para o serviço do Mestre.

 

          É relevante porque é a principal agência de ensino na igreja.

 

 

A ED é a maior agência de ensino da Igreja. Nenhuma outra reunião tem um programa de estudo sistemático da Bíblia com a mesma abrangência e profundidade. Ajustado a cada faixa etária, o currículo da ED possibilita um estudo completo das Escrituras em linguagem acessível a cada segmento, criando raízes profundas na vida de cada crente

 

.

                   É relevante porque é uma escola que transforma.

 

 

Foi a criação da Escola Dominical, da forma como é conhecida atualmente, que mudou a face da Inglaterra, que mudou a face da Inglaterra. Crianças que antes tinham comportamento marginalizado, abandonadas à sua própria sorte, começaram a ser atraídas por Robert Raikes para reuniões sistemáticas com tríplice ênfase: social, bíblica e evangelística.

 

 

         É relevante porque fortalece a comunhão com Deus e entre os irmãos.

 

 

Não pode haver crescimento espiritual fora do contexto da comunhão cristã

“Até que todos cheguemos à unidade da fé e ao conhecimento do Filho de Deus...” (Ef 4.13).“E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações (...) Todos os que criam estavam juntos...” (At 2.42,44).A Escola Dominical propicia um ambiente favorável ao inter-relacionamento dos crentes.Ela representa o lar espiritual onde, além do conhecimento da Palavra de Deus, compartilham-se idéias, princípios, verdades e aspirações.

 

 

          É relevante porque é ferramenta de evangelização e discipulado. 

 

 

É relevante na edificação total da família cristã.Ela não cuida apenas da formação espiritual, mas preocupa-se com a edificação geral, que inclui:Bons costumes, exercício da cidadania e a formação do caráterA ED complementa e, às vezes corrige a educação ministrada nas escolas seculares.

a) A ED complementa a educação cristã ministrada nos lares.

No Antigo Testamento, entre o povo de Deus, eram os próprios pais os responsáveis pelo ensino das Escrituras:“E estas palavras que hoje te ordeno estarão no teu coração; e as intimará (inculcarás) a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te, e levantando-te” (Dt 6.6,7).

“Ponde, pois, estas minhas palavras no vosso coração e na vossa alma, e atai-as por sinal na vossa mão, para que estejam por testeiras entre os vossos olhos, e ensinai-as a vossos filhos, falando delas assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te” (Dt 11.18,19).

“Ajunta o povo, homens, e mulheres, e meninos, e os teus estrangeiros que estão dentro das tuas portas, para que ouçam, e aprendam, e temam ao Senhor, vosso Deus, e tenham cuidado de fazer todas as palavras desta lei” (Dt 31.12).

“E o terá consigo (o livro da Lei), e nele lerá todos os dias da sua vida, para que aprenda a temer ao Senhor seu Deus, para guardar todas as palavras desta lei, e estes estatutos para cumpri-los” (Dt 17.19).

O objetivo final é sempre cumprir: “Sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes enganando-vos com falsos discursos” (Tg 1.22).

A grande maioria das famílias recebe pouca ou nenhuma instrução na Palavra de Deus, no lar, sob a liderança do seu chefe. Em função de a Bíblia perder seu lugar no seio da família, a igreja ficou com a grande responsabilidade de providenciar educação religiosa. Todo o impacto desta responsabilidade caiu sobre a ED e seus oficiais. Além de aproximar pais e filhos na comunhão do corpo de Cristo, A ED introduz crianças, adolescentes, jovens e adultos no conhecimento bíblico, afastando-os da ociosidade e das más companhias.

           . É relevante porque é fonte de genuíno avivamento.

Hilquias, o sacerdote: “Achei o livro da Lei na Casa do Senhor” (2 Cr 34.15). 

É um chamamento à redescoberta do ensino da Palavra de Deus como base de todo avivamento. Não há outro caminho para manter a Igreja viva, a não ser o retorno às Escrituras, como ocorreu no tempo do rei Josias