Translate this Page

Rating: 3.0/5 (865 votos)



ONLINE
4




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter

site, fee epub, link, get pdf, enter link, free book, download book, this link, free book, download pdf,

teologia sistematica os anjos maus
teologia sistematica os anjos maus

OS ANJOS MAUS

INTRODUÇÃO

Quando sabemos onde é o nosso lugar e posição colocamos o inimigo em cheque e obtemos a vitória no nome de Jesus.

QUEM FOI LUCIFER

Filho do homem, levanta uma lamentação sobre o rei de Tiro, e dizer-te: Assim diz o Senhor Deus: Tu eras o selo da perfeição, cheio de sabedoria e perfeito em formosura. Estiveste no Éden, jardim de Deus; cobrias-te de toda pedra preciosa: a coralina, o topázio, o ônix, a crisólita, o berilo, o jaspe, a safira, a granada, a esmeralda e o ouro. Em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados. Eu te coloquei como querubim da guarda; estiveste sobre o monte santo de Deus; andaste no meio das pedras afogueadas. Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que em ti se achou iniqüidade.(Ez.28:12-15).

QUERUBIM DA GUARDA UNGIDO

Lúcifer é chamado também de “querubim da guarda ungido”. Como já sabemos os querubins são seres angélicos de elevada categoria. Lúcifer era o governador e líder dos seres angélicos e, evidentemente os guiava em louvor e júbilo a Deus. A palavra “da guarda”, em Ezequiel 28:14-16, significa literalmente “quem conduz”, visto que, antes da queda de Lúcifer não havia inimigos e nem nada para ser guardado.

O ÉDEN DE LÚCIFER

De acordo com Dr. Olson, em seu livro “O Plano Divino Através dos Séculos” o Éden de Lúcifer não é o Éden do tempo de Adão, em que o diabo entrou como rebelde usurpador. Acredita-se ser um Éden anterior ao qual Lúcifer presidia e ocupava alta posição. É interessante compararmos as pedras mencionadas aqui com aquelas de Ap.21:11-21. Esse esplendor talvez indique algo da glória do palácio em que Lúcifer residia.

O QUE FEZ LÚCIFER

“Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! Como foste lançado por terra tu que prostravas as nações! E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono; e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do norte; subirei acima das alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo. Contudo levado serás ao Seol, ao mais profundo do abismo. (Is.14:12-15).

A maior catástrofe da história da criação universal foi sem dúvida, a desobediência a Deus por parte de Lúcifer, e a conseqüente queda de talvez um terço dos anjos que se juntaram a ele em sua maldade. Sua queda ocorreu quando o orgulho tomou conta do seu ser. Isso foi procedido de cinco “eis”, que demonstravam o seu espírito insubmisso e exaltado, e foram:    

1o)  “Eu subirei  ao  céu”.

2o) “Acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono”.

3o) “No monte da congregação me assentarei”.

4o) “Subirei acima das mais altas nuvens”.

5o) “Serei semelhante ao altíssimo”.

O orgulho tomará conta da mente e do coração dessa criatura, a qual foi criada para ser uma benção, mas que escolheu ser contrário ao Seu Criador. São fatos como esses que nos mostram a grandeza do nosso Deus. Na queda dos anjos vemos o quanto o Senhor é perfeito e maravilhoso. Ele nunca criou uma criatura robótica, que simplesmente recebe ordens, mas sim a todos concedeu o livre arbítrio (o fato de podermos escolher o nosso destino). Saber que Lúcifer caiu, que o homem seguiu o mesmo destino, nos leva a contemplar quão grandioso é o Senhor. Hoje de livre e espontânea vontade podemos escolher servir ao Senhor. Aleluia!!!

QUEM É LÍCIFER HOJE?

Hoje Lúcifer não é mais um anjo de luz, mas sim um anjo de trevas e maldade. Sabemos entretanto que pode transfigurar-se em um anjo de luz (II Co.11:14). O seu ódio pela humanidade parece que cresce a cada dia. Ele não conseguiu vencer a Deus e assim voltasse-se para o homem a mais sublime das criaturas criadas pelo Senhor. Satanás é um ser “inteligente”, uma personalidade hostil, inimigo declarado de Deus e dos homens. A Bíblia inteira o apresenta resistindo a Deus e perturbando a paz das nações, com guerras, destruição e miséria. As maiorias dos homens são presas fáceis, por enquanto, mas o Espírito do Senhor está levantando um povo que conhece a autoridade que foi dada com a morte e ressurreição de Cristo.

SATANÁS E SUA PERSONALIDADE

A Bíblia nos ensina que ele é um ser que possui caráter e uma personalidade forte e obstinada. Dizer que satanás é apenas fruto da imaginação, uma ficção, mitologia ou coisa da mente humana é subestimar de mais os fatos.  Sabemos que fatos são provas e contra fatos não temos como argumentar. Muitos são os fatos registrados dia a dia, pense: Nos assassinatos bárbaros que vemos nos jornais, são normais? Pais que estupram as próprias filhas e alguns ainda bebês! O que dizer das pessoas que chegam as Igrejas totalmente alteradas e completamente possuídas? Suas falas não condizem com o que são nem com o que fazem! Olhe para o mundo, abra os olhos e veja os fatos! É claro que para o diabo é muito mais fácil que acreditem que ele não existe. Assim ele torna-se invisível duas vezes e seu poder fica maior. Que a revelação do Senhor te alcance antes que seja tarde de mais.

A Palavra do Senhor nos fala a respeito da personalidade do diabo:

Possui intelecto (II Cor.11:3);

Tem emoções (Ap.12:17);

Tem vontades (II Tm.2:26);

É tratado como pessoa meramente responsável (Mt.25:41).

AS DESIGNAÇÕES DE SATANÁS NA BÍBLIA

A NATUREZA DE SATANÁS

A) Ele é uma criatura (Ez. 28:14);

B) Ele é um ser espiritual (Ef. 6:11-12);

C) Ele pertence a ordem dos Querubins (Ez. 28:14);

D) Ele é homicida e mentiroso (Jo. 8:44);

E) Ele é um pecador obstinado (I Jo. 3:8);

F) Ele é um adversário (I Pe. 5:8). (Bíblia Anotada)

OS ALIADOS DE SATANÁS – OS DEMÔNIOS

ELES EXISTEM?

Alguns acreditam que os demônios não existem, que são apenas um mal e não um ser causador do mal. Argumentam, por exemplo, do moço, mudo e surdo, atacado de sintomas semelhantes a epilepsia (Mc. 9:14-29). Daqui procede a opinião de alguns, dizendo que a possessão era simples hipótese dos judeus para explicar as desordens físicas e as doenças mentais. Estas teorias perdem seu valor considerando  que os demônios falam (Mc.1:23-24, Mc.3:11, Mc.5:7), revelam conhecimento que excedem a faculdade humana, como, por exemplo, denunciando a divindade de Jesus (Mc.1:24); Eles reconheciam a sua individualidade distinta e independente da pessoa em que habitavam (Mt.8:31), pois certa manada de porcos à distância correu furiosamente a lançar-se no mar, quando o Senhor os lançou fora do endemoninhado gadareno (Mt.8:28-34, Mc.5:1-20); O Senhor Jesus os reconheceu como existindo e sobre que instruiu a seus discípulos, dizendo lhes: ”Esta casta não sai de modo algum, salvo à força de oração [e jejum.]”(Mc.9:29).

Vejam o que diz o Dr. Halley no seu livro “O Manual Bíblico”: “Nos evangelhos apresentam-se os demônios como sendo cientes de que Jesus era o Filho de Deus, como seres pertencentes ao reino de Satanás, como passando por lugares secos, aguardando o tormento do abismo, preferindo morar em porcos a ir ao seu lugar próprio. Muitos podiam ficar numa só pessoa. Falavam, reconhecendo que tinham uma personalidade e uma consciência separadas daquela da pessoa por eles ocupados, dela claramente distintas. Encaravam o julgamento futuro com tremor. Jesus não se interessou por eles, senão pelas pessoas a quem faziam sofrer... Parece que há “espíritos maus”, espíritos imundos”, “espíritos sedutores”, “anjos caídos”, “anjos do diabo”, e que são organizados em principadospoderes, governadores das trevashostes espirituais da maldade, contra os quais os seres humanos têm de lutar continuamente (Mt.12:43,45; Mt.25:41; II Pe.2:4, Ef.6:12.  O que se pode inferir claramente na Escritura é que não foram os endemoninhados meros lunáticos, porém casos de “personalidade invadida”, e que os demônios eram espíritos maus que realmente entravam, dum ou doutro modo, em certas pessoas e as atormentavam”. 

ANJOS CAÍDOS E DEMÔNIOS SÃO A MESMA COISA?

A dúvida, se anjo caído e demônio são a mesma coisa, aparece quando lemos a Palavra sem analisarmos todo o contexto. Se fizermos a leitura como um todo   entenderemos que demônios e anjos caídos são sinônimos (e a Bíblia é um único livro). Leiamos alguns textos:

“E ele clamou com voz forte, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia, e se tornou morada de demônios, e guarida de todo espírito imundo, e guarida de toda ave imunda e detestável (Ap.18:2)”.

“e aconteceu que, quando semeava, uma parte da semente caiu à beira do caminho, e vieram as aves e a comeram (Mc.4:4).

“E os que estão junto do caminho são aqueles em quem a palavra é semeada; mas, tendo-a ele ouvido, vem logo Satanás e tira a palavra que neles foi semeada (Mc.4:15).

O texto de Apocalipse nos revela que: Demônio = Espírito Imundo = Ave Imunda. Ao ligarmos essas informações do texto de Apocalipse com os textos de Marcos solucionamos qualquer dúvida. No texto de Marcos o diabo, que é um anjo caído, é chamado de Ave. É claro que o diabo está na mesma posição de rebeldia que os demônios. Podemos então entender o seguinte:

Diabo = Ave Impura = Espírito Imundo = Anjo Caído = Demônio

Entendo que dizer que os demônios não são anjos caídos é tentar torcer a Palavra de Deus. Temos que procurar não exacerbar as  interpretações e ser o mais simples possível.

A FÚRIA DO MAL CONTRA A IGREJA

OS ANJOS MAUS E OS NEGÓCIOS DAS NAÇÕES

No livro de Daniel capítulo dez, se lê que o anjo de Deus trazia uma resposta ao profeta, todavia o anjo sofreu resistência do príncipe do reino da Pérsia, pelo que veio o arcanjo Miguel com seu exército para lutar e abrir caminho para o mensageiro do Senhor. A referência ao “príncipe da Pérsia” é uma expressão, no texto em supra, aos anjos de satanás. No caso, esse anjo mal tinha uma certa influência no reinado Pérsia. Provavelmente o domínio desse principado manipulava as decisões políticas, sociais e religiosas. Como nesse caso, devem existir outros, que com seu domínio maligno manipulam países inteiros e isso é fato.

A ONDE HABITAM OS ANJOS CAÍDOS

Parte deles habitam no inferno: “Porque se Deus não poupou a anjos quando pecaram, mas lançou-os no inferno, e os entregou aos abismos da escuridão, reservando-os para o juízo (II Pe.2:4).

“aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, ele os tem reservado em prisões eternas na escuridão para o juízo do grande dia (Jd.6).

A palavra INFERNO na Bíblia tem significados que variam de acordo com o texto em que é citada. Vamos analisar apenas quatro formas:

SHEOL: O mundo dos mortos (Dt.32:22; Sl.9:17).

HADES: É a forma grega para o hebraico SHEOL, e significa lugar das almas que partiram deste mundo ou lugar de tormento (Mt.11:23; Lc.10:15; Lc.16:23)

GEHENNA: Termo usado para designar um lugar de suplício eterno (Mt.5:22; Mc.9:43).

TARTAROO: O mais profundo do abismo e significa encarcerar no suplício eterno (II Pe.2:4)

Os textos de Pedro e Judas não querem dizer que todos os anjos maus estejam presos no inferno, pois a Bíblia mostra no seu contexto geral que a maioria deles estão soltos (Ef.6:12).   Em breve todos serão julgados e condenados para sempre (Mt.25:41; Ap.20:10-14; Rm.16:20).

Provavelmente a maioria habita nas regiões celestes: nos quais outrora andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos de desobediência (Ef.2:2).

pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes (Ef.6:12).

Ora, havendo o espírito imundo saindo do homem, anda por lugares áridos, buscando repouso; e não o encontrando, diz: Voltarei para minha casa, donde saí. E chegando, acha-a varrida e adornada. Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando, habitam ali; e o último estado desse homem vem a ser pior do que o primeiro (Lc.11:24-26).

Entendemos pela Palavra que o diabo e seus demônios estão nos ares e procurando vítimas. Expressões tais como “principado”, “potestade” e “forças espirituais” falam não somente do lugar onde habitam, mas também do poder de decisão que exercem no cumprimento de suas responsabilidades infernais. Saibam que os demônios estão por ai e é mister que eles ainda tenham algum tempo, por isso convém a você cuidar da sua casa (o seu corpo). O manter a casa limpa não basta é preciso convidar Jesus para ser Senhor e centro da casa. Muitos até vão a Igreja e se sentem bem, mas é insuficiente é preciso ser cheio do Espírito de Jesus , viver uma vida de oração, manter comunhão com a Igreja, conhecer a Palavra e viver piedosamente. Vivendo assim teremos o diabo embaixo dos pés e no juízo final os julgaremos. Leiamos: Ou não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo há de ser julgado por vós, sois porventura indignos de julgar as coisas mínimas? Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? (I Cor.6:2-3).

SERÁ QUE UM ANJO CAÍDO PODE SE MATERIALIZAR? (TOMAR FORMA HUMANA)

É revelado na Palavra de Deus que os anjos bons podem se materializar, isto é, tomar forma humana (Gn.18:1-2; Gn.19:10; At.1:10). A materialização dos anjos de Deus acontece sempre quando há uma missão envolvida. Deus permite esse fato (Sl.91:11), provavelmente por causa da fraqueza humana, pois se os anjos aparecessem no mundo físico como eles são iriam chocar os homens e não agüentariam o  esplendor angelical(veja Dn.8:27). Por causa desse fato surge a pergunta a respeito dos anjos maus; será que eles podem se materializar? A resposta a essa pergunta é encontrada quando meditamos no texto de Lucas 11:24-26. O diabo e seus anjos quando caíram sofreram uma deformação (Ez.28; Is.14; Ap.12) perdendo assim as suas formas angelicais, tornando-se criaturas hediondas e horríveis: “CHEGASTE A UM FIM HORRÍVEL”(Ez.28:19). No texto em supra Lucas narra que essas criaturas estão a procura de corpos humanos para se tornarem hospedeiros, fazendo desses corpos verdadeiras oficinas de coisas maléficas. Acreditamos que esses anjos maléficos não podem se materializar, pois não iriam usar tantos esforços para tomarem um corpo se pudessem ter um. Seria muito mais fácil para os demônios tomar forma humana e arrasar os outros homens, mas isso não acontece. Nunca se leu na Bíblia que um anjo bom tomou posse de corpos humanos, mas que se materializaram em forma de varão. Por outro lado, os demônios estão sempre procurando um corpo para cumprir as suas maldades, nos deixando claros da impossibilidade de se materializarem.

Concluindo a resposta dessa tese, quero deixar claro que a Bíblia nunca relatou tal fato e nem deixa bases para essa suposta possibilidade de materialização demoníaca. O que tem sido vivenciado é o que está na Bíblia, onde pessoas que deram brechas foram dominadas completamente, ficando possessas.

A OBRA DOA ANJOS MAUS EM GERAL

Eles podem ser lançados por Deus entre um povo mau (Sl.78:49); procuram separar os cristãos de Cristo (Rm.8:38); opõem-se aos anjos bons e a sua obra (Dn.10:12-13); cooperam com satanás, realizando o seu propósito (Mt.25:41; Ef.6:12; Ap.12:7-12); infligem enfermidades (Jó 1:5-10; Mt.9:33); causam alienação mental (Mc.5:4-5); semeiam falsa doutrina (I Tm.4:1); opõem-se aos filhos de Deus (Ef.6:12); possuem humanos e animais (Mt.4:24; Mc.5:8-14); são usados por Deus para, em um segundo plano, realizar o seu propósito (Ap.9:1-12; Ap.16:14).

SAIBA DA AUTORIDADE QUE VOCÊ TEM

Todo cristão deve ter em mente da autoridade que Deus, em Cristo Jesus, lhe outorgou. Muitos crentes parecem ter medo das forças das trevas, esquecendo-se assim do poder que está do nosso lado. É claro que devemos respeitar o nosso adversário e não subestimá-lo: “porque não ignoramos as suas maquinações” (II Cor.2:11). O Senhor Jesus, quando foi tentado no deserto, nos mostrou como derrotamos as forças das trevas. Ele citou três vezes a Palavra dizendo ao diabo: “ESTÁ ESCRITO”. O Senhor assim o fez para que nós o imitássemos e como Ele fizéssemos o diabo correr. Citaremos alguns versículos Bíblicos, os quais lhe trarão paz e segurança nessa batalha espiritual:

Eis que vos dei autoridade para pisar serpentes e escorpiões, e sobre todo o poder do inimigo; e nada vos fará dano algum (Lc.10:19).

E estes sinais acompanharão aos que crerem: em meu nome expulsarão demônios (Mc.16:17).

... expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça daí (Mt.10:8).

Sujeitai-vos, pois, a Deus; mas resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós (Tg.4:7).

Reunindo os doze, deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios, e para curarem doenças (Lc.9:1).

Filhinhos, vós sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo (I Jo.4:4).

Mas Paulo, perturbado, voltou-se e disse ao espírito: Eu te ordeno em nome de Jesus Cristo que saias dela. E na mesma hora saiu (At.16:18).

Em um cristão cheio do Espírito Santo e da Palavra de Deus os demônios nunca terão vez. Por isso eu te aconselho que cresça na graça e no conhecimento do Senhor Jesus.

FONTE WWW.EBDAREIABRANCA.COM